[chamada] Ministério da Saúde lança edital de R$ 1 milhão voltado a pesquisas.Ministério da Saúde lança edital de R$ 1 milhão voltado a pesquisas.

08/02/2017 10:28

O Ministério da Saúde (MS) e o Hospital Alemão Oswaldo Cruz (HAOC) abriram edital para que pesquisadores possam receber incentivos financeiros na realização de estudos voltados à área de Avaliação de Tecnologias em Saúde (ATS). Ao todo, será destinado cerca de R$ 1 milhão, no âmbito do Programa de Apoio ao Desenvolvimento Institucional do Sistema Único de Saúde (Proadi-SUS), para apoiar as atividades e pesquisas que contribuam para a resolução dos problemas prioritários de saúde da população brasileira.

O proponente deverá, obrigatoriamente, ser portador de título de doutor e ter currículo atualizado na Plataforma Lattes. Para participar, os pesquisadores devem encaminhar seus projetos, em formato de PDF, para os endereços eletrônicos rebrats@saude.gov.br, com copia para sustentabilidade1@haoc.com.br.

Inscrições até 19 de fevereiro.

O resultado final da chamada deve sair em 6 de março.

Mais informações no site.

O Ministério da Saúde (MS) e o Hospital Alemão Oswaldo Cruz (HAOC) abriram edital para que pesquisadores possam receber incentivos financeiros na realização de estudos voltados à área de Avaliação de Tecnologias em Saúde (ATS). Ao todo, será destinado cerca de R$ 1 milhão, no âmbito do Programa de Apoio ao Desenvolvimento Institucional do Sistema Único de Saúde (Proadi-SUS), para apoiar as atividades e pesquisas que contribuam para a resolução dos problemas prioritários de saúde da população brasileira.

O proponente deverá, obrigatoriamente, ser portador de título de doutor e ter currículo atualizado na Plataforma Lattes. Para participar, os pesquisadores devem encaminhar seus projetos, em formato de PDF, para os endereços eletrônicos rebrats@saude.gov.br, com copia para sustentabilidade1@haoc.com.br.

Inscrições até 19 de fevereiro.

O resultado final da chamada deve sair em 6 de março.

Mais informações no site.

As pesquisas abordarão temas prioritários do Ministério da Saúde. No campo da assistência farmacêutica, por exemplo, foram solicitadas análises econômicas que podem contribuir com o uso racional de medicamentos. A vigilância em saúde também está presente na chamada com estudos para melhorar o diagnóstico e tratamento da malária, tuberculose, HIV, H1N1, etc. Já na área de gestão de equipamentos, serão realizadas pesquisas sobre a efetividade de novas tecnologias como acelerador de próton, que poderão ser utilizados na radioterapia contra o câncer e Oxigenoterapia Hiperbárica, que serve para o tratamento de queimaduras.

As propostas serão avaliadas por um comitê de especialistas designado pelo Ministério da Saúde e pela Unidade de Avaliação de Tecnologias em Saúde do Hospital Alemão Oswaldo Cruz. Cada membro do comitê atribuirá sua pontuação ao projeto, conforme critérios de avaliação, como: mérito técnico científico, experiência prévia em projeto de pesquisas, entre outros.

As pesquisas abordarão temas prioritários do Ministério da Saúde. No campo da assistência farmacêutica, por exemplo, foram solicitadas análises econômicas que podem contribuir com o uso racional de medicamentos. A vigilância em saúde também está presente na chamada com estudos para melhorar o diagnóstico e tratamento da malária, tuberculose, HIV, H1N1, etc. Já na área de gestão de equipamentos, serão realizadas pesquisas sobre a efetividade de novas tecnologias como acelerador de próton, que poderão ser utilizados na radioterapia contra o câncer e Oxigenoterapia Hiperbárica, que serve para o tratamento de queimaduras.

As propostas serão avaliadas por um comitê de especialistas designado pelo Ministério da Saúde e pela Unidade de Avaliação de Tecnologias em Saúde do Hospital Alemão Oswaldo Cruz. Cada membro do comitê atribuirá sua pontuação ao projeto, conforme critérios de avaliação, como: mérito técnico científico, experiência prévia em projeto de pesquisas, entre outros.

Tags: BrasilEditalMinistério da Saúde